• (38) 3532-1200 Ramal 8145
  • secretaria.ppged@ufvjm.edu.br

Arquivo por autor

Dissertação 52

Título:Uma proposta de Design da Interação para uma ferramenta de coleta e mineração de textos em redes sociais online para fins de pesquisa científica

Resumo:
As redes sociais online têm se tornando cada vez mais populares e, associado a este crescimento, o volume de informação gerado em formato digital tem aumentado de forma significativa. Independentemente do tipo de rede social, é possível aproveitá-la como fonte de informação para a construção de conhecimento científico, nas mais diferentes áreas. Porém realizar tais atividades manualmente é absolutamente inviável, sendo necessária a utilização das técnicas de Mineração de Textos para analisar e extrair informações úteis dessa extensa base de dados. Em geral, há boas opções de ferramentas no mercado, contudo, se considerarmos a questão do ponto de vista acadêmico, seja por falta de habilidade para operar a interface dos programas existentes, ou desconhecimento de sua existência, a utilização de ferramentas experimentais ainda é relativamente baixa na pesquisa acadêmica nacional da área de mídias sociais. Neste contexto, esta pesquisa teve o objetivo de desenvolver o design da interação do Framework Oráculo, uma ferramenta de apoio ao processo de coleta e mineração de textos, voltada para o apoio de usuários que coletam e mineram dados em redes sociais online, para fins de pesquisa científica. A pesquisa foi desenvolvida inicialmente com a identificação das necessidades e definição dos requisitos dos pesquisadores de instituições de ensino em relação à coleta e análise de dados em redes sociais online e, em seguida, foi feito o design do framework, seguindo a abordagem do Design Centrado na Comunicação, seguido da construção do protótipo funcional de alta fidelidade. Uma avaliação preliminar do protótipo foi realizada junto aos seus potenciais usuários, e os resultados apontaram para uma facilidade de uso e aceitabilidade relevantes, em que os pesquisadores se manifestaram satisfeitos com a interface com a qual interagiram, e que, apesar de exigir melhorias, reconhecem a importância do Oráculo, refletindo em uma real vontade de utilizá-lo em suas pesquisas. Assim, acredita-se que, com o trabalho, foi possível contribuir com as áreas de IHC e mineração de textos, ao trazer considerações sobre aspectos relevantes para o design e também avaliaçãode ferramentas de coleta e mineração de dados provenientes de RSOs. Foi possível também contribuir com os pesquisadores que utilizam dados provenientes de redes sociais online em suas pesquisas, ao lhes oferecer uma ferramenta interativa de coleta e mineração de dados que lhes proporcione uma experiência de uso positiva no alcance de seus objetivos.

Palavras-chave: Mineração de Textos, Redes Sociais, Framework Oráculo, Design da Interface

 

Mestranda: Jésyka Milleny Azevedo Gonçalves
Orientadora: Maria Lúcia Bento Villela
Data: 10/12/2019
Horário: 13 às 15hs
Local: Sala 24 – DECOM
Cláudio Vieira

Dissertação 51

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM NA VISÃO DOS DOCENTES QUE ATUAM NO CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM DO IFNMG-CAMPUS ARAÇUAÍ

RESUMO

Objetivo: Compreender a visão dos docentes do curso técnico de enfermagem do IFNMG-Campus Araçuaí sobre o processo de avaliação da aprendizagem. Caminho Metodológico:
Trata-se de um estudo descritivo e de caráter qualitativo, que foi desenvolvido durante o primeiro semestre do ano de 2019, além de buscar sustentação teórica em uma base de aportes constituída de referências bibliográficas e documentais do campo educacional que subsidiaram as análises do corpus da dissertação. Foi realizado um Grupo de Discussão com enfermeiros(as)
que compõem o quadro de docentes do IFNMG-Campus Araçuaí. O estudo foi realizado no Museu de Araçuaí, Minas Gerais, no mês de maio de 2019. Utilizou-se de um roteiro de questões norteadoras. O grupo de discussão foi filmado com uma câmera digital e os dados foram transcritos na íntegra. Resultados e Discursão: Por meio deste estudo foi possível evidenciar que a influência da família, de professores e de amigos que atuavam no campo da educação, contribuiu positivamente e negativamente na escolha da docência por estes(as) enfermeiros(as). Os discentes do curso técnico de enfermagem do Instituto Federal do Norte de Minas Campus Araçuaí, são estudantes com diferentes idades e culturas. Os(as) enfermeiros(as) afirmam que não tiveram formações sobre o processo de avaliação quando se inseriram na docência. Relatam que aprenderam a avaliar os estudantes na prática, mesmo devido a grande parte dos professores do curso técnico ser bacharéis e, portanto, não vivenciaram disciplinas sobre docência no âmbito da formação inicial. Desse modo, ainda que de modo preliminar, é possível afirmar que na trajetória percorrida na área da docência os(as) enfermeiros(as) docentes se veem diante do desafio que a avaliação da aprendizagem dos estudantes do Instituto Federais lhes impõe. Considerações Finais: Conclui-se que ao pensar em educação e sua relação com o processo de trabalho, observa-se a relevância a respeito da efervescência de novas práticas de saúde e do cuidar no mundo profissional de enfermagem, que marcam os tempos atuais, permitindo visualizar o efeito de transição entre o ensino e a prática.

Palavras-chave: Aprendizagem. Enfermagem. Docente. Avaliação.
Orientador; Prof. Dr.Sandro Vinicius Sales dos Santos
Orientanda: Valéria Gonzaga Botelho de Oliveira Eulálio
Banca Examinadora;
Titular 01; Prof. Dr Leonardo dos Santos Neves UFVJM
Titular 02; Prof. Dra Elizabeth Moreira Gomes IFNMG
Suplente 01; Prof. Dra Maria do Socorro de Lima Costa UFVJM
Suplente 02: Prof. Dra Maria Elizabeth Antunes Lima UFMG
Local; Laboratório da pedagogia no prédio da Humanidades
Data e Horário: 12/12/2019 as 14:00H

Cláudio Vieira

Dissertação 50

Título: A FORMAÇÃO CONTINUADA DO PROFESSOR NO CONTEXTO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE EDUCAÇÃO BÁSICA: uma análise das Atividades Extraclasse no Alto Jequitinhonha/MG
Resumo:
A pesquisa em questão tem como objeto de análise as Atividades Extraclasse (AEC) uma estratégia de formação continuada de professores da educação básica. Destacam-se como ferramenta da política pública educacional, tendo como finalidade a melhoria da qualidade do processo ensino e aprendizagem. As AEC, também, denominadas na rede de ensino mineira como “Módulo II”, são de caráter obrigatório e compete aos gestores institucionais seu acompanhamento e monitoramento. Tem como objetivo analisar a prática das AEC no contexto das políticas públicas de formação continuada de professores no Alto Jequitinhonha/MG, focando nos elementos referenciais como ações de seu desenvolvimento, no período 2013-2018. Neste estudo, tomam-se como fundamentação teórica autores que dialogam com o universo da educação, sobretudo, concepções da formação de professores com Pimenta (2005), Gatti (2008), Libâneo (2002) entre outros. Como pressuposto metodológico utiliza-se dos princípios da pesquisa documental como método para materialização dos dados, a abordagem é de caráter qualitativo e a técnica é de análise de conteúdo. Optou-se para o desenvolvimento do estudo a delimitação do marco temporal (2013-2018) e do universo da pesquisa (três escolas estaduais em três municípios integrantes à Superintendência Regional de Ensino (SRE) Diamantina). Esta pesquisa desenvolve-se em três etapas, sendo: seleção e definição das fontes documentais; descrição e levantamento do conteúdo, e análise e interpretação dos dados. Como resultado a pesquisa desvelou que há cumprimento da frequência dos professores nas atividades previstas pelo processo de formação, objeto do estudo em questão, o que não pode ser entendido como garantia de reflexão sobre a ação, que se constitui a essência das AEC. Aponta fragilidade na prática de um dos elementos implícitos ao processo de formação, o estudo-formação. Acredita-se que este estudo poderá contribuir institucionalmente para fortalecer a efetividade das AEC, visando melhorias na formação continuada em serviço, dos professores da SRE Diamantina, quiçá da SEEMG.

Palavras-chave: Formação de Professores. Educação Básica. Atividades Extraclasse.
Data: 03/12/2019 – Horário: 14h
Local: Prédio Pavilhão de Aulas – Sala 209 – Áudio Vídeo
Campus JK – UFVJM – Diamantina/MG
Banca:
Presidente – Orientadora: Prof.ª Dr.ª Mara Lúcia Ramalho -Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri – UFVJM
Membro Interno – Prof. Dr. Leonardo Santos Neves
Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri – UFVJM
Membro Interno – Prof.ª Dr.ª Maria do Perpétuo Socorro de Lima Costa
Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri – UFVJM Membro Externo – Prof.ª Dr.ª Anna Helena de Almeida Pires Altenfelder Silva
Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária – CENPEC

Cláudio Vieira

Qualificação 68

ESTÉTICA DA RECEPÇÃO E LETRAMENTO LITERÁRIO: uma proposta de sequência didática para o 9º ano do ensino fundamental

Este trabalho versa sobre a Estética da Recepção e o Letramento Literário na formação do leitor na perspectiva da Sequência Didática para o 9º ano do ensino fundamental. A literatura é fundamental para o desenvolvimento do indivíduo, a partir da fruição literária, considerando ser primordial o ensino de literatura na sala de aula, para que se assegurem as práticas para o letramento literário no ensino fundamental e se garanta a formação social dos leitores. O objetivo geral da pesquisa consiste em discutir quais as contribuições da Estética da Recepção para a formação de leitores literários. Discutimos sobre a importância da fruição do texto literário sob a perspectiva de uma Sequência Didática para o desenvolvimento do letramento literário. Nesse sentido, a pesquisa busca descrever as contribuições da teoria da Estética da Recepção para a formação de leitores literários e apontar as habilidades e competências descritas nos Documentos Oficiais como os CBC (Conteúdos Básicos Comuns), PCN (Parâmetros Curriculares Nacionais) e a BNCC (Base Nacional Comum Curricular) com o intuito de averiguar como eles discutem a literatura na formação leitora literária dos alunos do 9º ano. O aparato teórico desta pesquisa terá como base os estudos de Lajolo (2005), Paulino e Cosson (2009), Cosson (2009, 2014 e 2016), Zilberman (1989, 2008 e 2009), Candido (1995, 2002, 2004 e 2011) e Soares (2001, 2008), que abordam sobre a importância da escola na formação do leitor literário, além de Eagleton (2006) e Jauss (1994 e 1996), que discutem sobre a Estética da Recepção. Por fim, propomos uma sequência didática como estratégia didático-metodológica a partir de dois contos de Cora Coralina: “A casa Velha da Ponte” e “Papéis de Circunstâncias”, na perspectiva da Sequência Básica de Cosson (2016). Desse modo, acredita-se ser possível contribuir para o processo de formação leitora dos alunos do 9º ano do Ensino Fundamental, e que esses possam se apropriar do processo de leitura na escola e em outros espaços sociais.

Palavras-chave: Letramento Literário. Estética da Recepção. Formação de Leitor.

A Banca da Defesa está sendo agendada para:
Titulares:
Prof. Dr. Noemi Campos Freitas Vieira- Orientadora
Profa. Dr. Sandro Vinícius Sales dos Santos (PPGEd/UFVJM); Profa. Dra. Mara Lúcia Ramalho (PPGEd/UFVJM); membro externo titular: Profa. Dra. Lillian Gonçalves de Melo(Instituto Federal do Norte de Minas Gerais – IFNMG)
Suplente:
Prof. Dra. Rosana Baptista dos Santos -UFVJM

Suplente externo: Profa. Dra. Rita de Cássia Silva Dionísio

Data: 06 de dezembro de 2019

Horário: 9h da manhã

Local: Local: ) – Auditório, sala 34 do prédio SI – Campus JK, UFVJM –

Cláudio Vieira

Notícia 1

Discentes do PPGEd participam do Simpósio Brasileiro de Informática na Educação (SBIE)

Os discentes do PPGEd Fabiula Souza e Daniel Bulhões (fotos anexas) participam, no período de 11 a 14/11/19, do Simpósio Brasileiro de Informática na Educação (SBIE), que acontece junto ao Congresso Brasileiro de Informática na Educação – CBIE, em Brasília (DF).

Site: https://cbie.ceie-br.org/evento-sbie.html

Fabiula e Daniel apresentam artigos que são frutos de trabalhos realizados durante a disciplina “Desenvolvimento do Pensamento Computacional na Educação Básica”, ministradas pelas docentes Caroline Queiroz Santos e Maria Lúcia Bento Villela, no PPGEd, e estarão disponíveis nos anais do evento em breve.
Bulhões, Daniel Brito; Barbosa, Fábio Rodrigues; Viana, Rafael Porto, Santos, Caroline Queiroz; Villela, Maria Lúcia B. O uso da Computação Desplugada no processo de ensino-aprendizagem de alunos do curso Técnico em Informática. Proceedings do Simpósio Brasileiro de Informática na Educação – SBIE. 2019.
Souza, Fabiula Fernandes de; Leite, Ramon Rocha; Brito, Cecy Maria; Villela, Maria Lúcia B., Santos, Caroline Queiroz. O desenvolvimento do Pensamento Computacional além do ensino em ciências exatas: uma revisão da literatura. Proceedings do Simpósio Brasileiro de Informática na Educação – SBIE. 2019.
Parabéns a todos pela publicação e apresentação dos artigos!

 

Cláudio Vieira

Qualificação 67

Título:
EVASÃO NOS CURSOS TÉCNICOS OFERECIDOS A DISTÂNCIA PELO INSTITUTO FEDERAL DO NORTE DE MINAS GERAIS – IFNMG NO PERÍODO DE 2014 A 2016: um estudo de caso

Resumo:
Embora a Educação a Distância seja considerada como excelente instrumento para melhor alcance da população de localidades mais distantes dos grandes centros educacionais, verifica-se que a evasão é um dos grandes problemas enfrentados pelas instituições que oferecem essa modalidade de ensino. O Instituto Federal do Norte de Minas – IFNMG atua em uma área de abrangência de população com quase 3 milhões de habitantes e também encontra-se com elevado número de discentes que abandonam os cursos a distância. Nesse sentido, planejar estratégias para lidar com o problema do abandono dos alunos é fundamental para o alcance dos objetivos do IFNMG. A partir desse cenário, este trabalho objetiva apresentar diagnóstico da evasão nos cursos técnicos da Educação a Distância do IFNMG nos anos de 2014 a 2016, verificando como os gestores tratam a matéria da evasão. Para cumprir esses objetivos, adotou-se abordagem metodológica quantitativa de pesquisa. Quanto aos fins, foi adotada a pesquisa exploratória e quanto aos meios as pesquisas bibliográfica e documental. Os dados levantados foram tratados com a técnica de análise de conteúdo. De acordo com a Plataforma Nilo Peçanha – PNP, a taxa de evasão geral dos cursos técnicos virtuais do IFNMG ultrapassa a 50% em alguns campi do IFNMG no ano de 2017. A literatura mostra que o problema atinge a educação em todos os níveis, tipos e modalidades e, por isso, merece atenção especial por parte dos gestores. O IFNMG entende essa situação e cria ações para amenizar esse fenômeno que mostrou altos índices de evasão nos cursos técnicos a distância entre os anos de 2014 a 2016.

Dia 13/11/2019, às 14h.
Local:
Prédio da Reitoria do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais – IFNMG.
Endereço: Rua Professor Monteiro Fonseca, 216 – Vila Brasília.
Montes Claros/MG.
Sala de Reuniões da Pró-reitoria de Desenvovimento Institucional – PRODI
Banca:
Cláudio Eduardo Rodrigues – Orientador;
Kirleys Pereira Vasconcelos – Membro interno titular;
Daniel Calbino Pinheiro – Membro interno suplente;
Antônio Carlos Soares Martins – Membro externo titular;
Ramony Maria Silva Reis Oliveira – Membro externo suplente.

Cláudio Vieira

Qualificação 66

Título: APLICAÇÃO DE FERRAMENTAS E TÉCNICAS DO GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM UMA INSTITUIÇÃO EDUCACIONAL PÚBLICA: uma pesquisa-ação no IFNMG, Campus Arinos-MG, com base nas áreas de conhecimento Qualidade e Aquisições.
Resumo: O Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG) reconhece que, para cumprir a sua missão institucional, é necessária uma gestão de qualidade.Esta dissertação buscaverificar os resultados, de maio de 2018 até agosto de 2019, da aplicação do Senso de Utilização do Programa 5S, no Almoxarifado, e os Sensos de Ordenação, Limpeza, Saúde e Autodisciplina, em outros setores; e das ferramentas e técnicas do Gerenciamento de Aquisições do Projeto, no que concerne à qualidade, na Coordenadoria de Compras, Contratos e Convênios do IFNMG, Campus Arinos. Foram utilizados livros, PMBOK,teses, dissertações, artigos científicos e materiais disponíveis na internet. Foi feita uma pesquisa de opinião com 37 servidores do IFNMG, Campus Arinos, e, após a pesquisa, foi feita uma intervenção com as ações propostas.Utilizou-se o método da pesquisa-ação, por este pesquisador ter planejado e implementado projeto de qualidade dentro do Instituto e por apresentar, nesta investigação, as verificações dos resultados dessa implementação. Os resultados deste trabalho têm o intuito de obter melhorias nos processos, na qualidade e no ambiente de trabalho do Almoxarifado, assim como no setor administrativo em geral por meio das boas práticas do Programa 5S.

Data: 19/11/2019
Local: Sala de reuniões do departamento de zootecnia
Orientador: Altamir Fernandes de Oliveira
Membros da banca: Dr Gerusa de Fátima Tomé Sabino, Dr Eduardo Meireles, Dr João Antônio Gomes Pereira e Dr Marcelino Serretti Leonel.

Cláudio Vieira

Dissertação 49

Título: ANÁLISE SOBRE AS CONCEPÇÕES DE GRAMÁTICA NO DISCURSO DE PROFESSORES DE LÍNGUA PORTUGUESA

Resumo:
O presente estudo trata de uma investigação sobre as concepções de gramática que norteiam o trabalho de professores de língua portuguesa que atuam nas escolas de Ensino Fundamental de Diamantina-MG. No campo teórico, temos várias definições do termo, como por exemplo, as definições de Perini (2000), Neves (2002) e Travaglia (2005). Dentro do ensino de gramática, há que se considerar também o conceito de análise linguística que, de acordo com as definições Geraldi (2006) e Mendonça (2007), é uma metodologia para o ensino do conteúdo gramatical. Os dois são essenciais para entender a prática do ensino dos conteúdos supracitados na escola. Diante dessa variação terminológica e da importância desses estudos, perguntamo-nos: qual a concepção de gramática dos professores e de que forma esse conteúdo é abordado em sala de aula? Trata-se de uma pesquisa qualitativa e como ferramentas de coleta de dados foram utilizados os instrumentos: entrevista, diário de campo e pesquisa documental. Essa última permitiu-nos extrair dados de documentos como os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), de caráter consultivo, e a Base Nacional Comum (BNCC), de cunho normativo, que nos ajudaram a compreender as definições teóricas das quais tomamos como base para discutir o que é gramática. A análise foi feita por meio da Análise do Discurso, baseando-se os estudos semiolinguísticos de Patrick Charaudeau (2001), nos quais discutiu e analisou o discurso político.

Banca avaliadora:
Dr. Adriana Nascimento Bodolay (Presidente)
Ms. Layane Campos Soares- Membro externo (UFU)
Dra. Simone de Paula dos Santos- Membro externo ao Programa (FIH/UFVJM)
Dr. Sandro Vinicius Sales dos Santos- Membro interno (FIH/UFVJM)
Ms. Maressa Carneiro de Melo- Suplente (CEFET/MG)
A defesa ocorrerá no dia 13 de novembro de 2019, no Laboratório de Letras-LABLET/FIH, às 14h.

Cláudio Vieira

Dissertação 48

TÍTULO: UMA ANÁLISE DOS OBJETOS DE APRENDIZAGEM ADOTADOS NA DISCIPLINA INICIAÇÃO CIENTÍFICA, EAD/IFNMG
RESUMO: O objetivo geral deste trabalho foi verificar se os Objetos de Aprendizagem utilizados pelos atores partícipes (professor, tutor e alunos) da disciplina Iniciação Científica do curso de pedagogia do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG) têm potencial para alcançar os objetivos propostos no Plano de Ensino. Mais especificamente, busquei identificar os objetivos propostos no Plano de Ensino da referida disciplina; identificar os Objetos de Aprendizagem a partir dos dados documentais e empíricos; e identificar, no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), a sequência didática implementada para desenvolver os conteúdos da referida disciplina; para, assim, avaliar se os objetivos propostos no Plano de Ensino foram alcançados. Para tanto, a opção metodológica foi de caráter exploratório de natureza qualitativa e interpretativista. Os dados foram produzidos a partir de análise documental; e de entrevista semiestruturada com professor formador da disciplina, tutor a distância e alunos, com divisão da análise em 5 categorias: Categoria 1: Indicação de objetos de aprendizagem (recursos/suporte) utilizados; Categoria 2: Discussão sobre se o objetos de aprendizagem (recursos/suporte) foram suficientes para garantir o processo de ensino e aprendizagem; Categoria 3: Indicação de solução com potencial para otimizar os objetos de aprendizagem (recursos/suporte) utilizados; Categoria 4: Indicação se os objetivos propostos no Plano de Ensino foram alcançados; Categoria 5: Indicação da Sequência Didática utilizada. Somente após investigar a participação dos alunos, a atuação da professora formadora da disciplina, a mediação da tutora a distância no AVA, juntamente com a análise desses Objetos de Aprendizagem pude compreender a capacidade, qualidade e possíveis fragilidades existentes nesse percurso. Dessa forma, a produção dos dados indicou que o método de ensino e aprendizagem adotado pelo IFNMG é positivo, entretanto, requer atenção no tocante a determinados Objetos de Aprendizagem.
PALAVRAS-CHAVE Educação a distância. Tecnologia digital. Objetos de Aprendizagem.

COMPOSIÇÃO DA BANCA:
Profª Dra. Adriana Assis Ferreira – UFVJM – Presidente;
Prof Dr. Everton Luiz de Paula – UFVJM – Membro externo ao programa;
Profª Dra. Mara Lúcia Ramalho – UFVJM – Membro do programa;
Prof Dr. Antônio Carlos Soares Martins – IFNMG – Membro externo à Instituição.

DATA: 12/11/2019
HORÁRIO: 10:00hs
ORIENTANDO: Clodoaldo Roberto Alves
ORIENTADORA: Adriana Assis Ferreira

Cláudio Vieira

Dissertação 47

Título do Trabalho: EDUCAÇÃO QUILOMBOLA NA COMUNIDADE DO AUSENTE E AS IDENTIDADES CULTURAIS SILENCIADAS NOS CURRÍCULOS ESCOLAR ES – SERRO (2012 A 2019)

RESUMO
Esta dissertação é fruto de uma pesquisa vinculada à Linha IV – Currículo, avaliação, práticas pedagógicas e formação de professores do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Alicerçada em estudos como de Sacristán (2000), Candau (2007), Lopes e Macedo (2011), Gomes (2007), Macedo (2006), Silva (2001), essa investigação parte do princípio de que o currículo pode ser um instrumento de criação, valorização e preservação de identidades culturais. Dessa forma, o objetivo central foi investigar se e como os currículos da Escola Municipal José Sales Gomes contribuem na (re) produç & atilde;o das identidades culturais da Comunidade Quilombola do Ausente, município de Serro-MG. Para isso, o desenvolvimento deste estudo qualitativo se deu por meio de pesquisa bibliográfica, análise documental e entrevistas semiestruturadas com alunos, professores e membros da comunidade do Ausente. Essas entrevistas foram realizadas por meio do método da história oral temática, uma ferramenta que possibilita a produção de conhecimento a partir da subjetividade e da sutileza envolvida na produção narrativa. Os resultados apontam que houve avanços teóricos, conceituais e legais decantados no ordenamento jurídico brasileiro que asseguram direitos a esses povos quilombolas, dentre eles, políticas de educação específicas para as escolas inseridas em seus territórios. Contudo, os dados demonstram também que esses avanços não foram traduzidos no cotidiano da Escola Municipal José Sales Gomes, na Comunidade Quilombola do Ausente, Serro-MG. Concluímos que a invisibilidade e o silenciamento da cultura e história negra e quilombola no currículo, fragiliza os modos de pensar uma educação escolar quilombola, pois a visão eurocêntrica e excludente ainda persiste nos currículos dessa instituição de ensino. Ressalta-se a importância desse estudo para avaliar o processo de implementação de políticas públicas de educação para os povos quilombolas em uma região historicamente construída pela mão de obra negra escravizada, que formou nesse te rrit&o acute;rio uma das maiores diásporas africanas em solo brasileiro. Deste modo, é de extrema importância dar visibilidade a essas comunidades remanescentes de quilombo, assegurando-as o direito de conhecer e vivenciar suas histórias e tradições, principalmente no ambiente escolar.

Palavras-chave: Currículo. Identidade. Cultura. Educação Escolar Quilombola. Comunidade Quilombola do Ausente-Serro/MG.

Nome do mestrando: Narlisson de Jesus Martins
Nome da Orientadora: Regina Célia do Couto

Membros da Banca:
Prof.ª Dr.ª Regina Célia do Couto – Presidente
Prof. Dr. Leonardo Santos Neves – UFVJM
Prof.ª Dr.ª Dayse Lúcide Silva Santos – IFNMG
Prof.ª Dr.ª Maria Adélia da Costa – CEFET-MG (SUPLENTE)
Prof. Dr. Irlen Antônio Gonçalves – CEFET-MG (SUPLENTE)

Cláudio Vieira