• (38) 3532-1200 Ramal 8145
  • secretaria.ppged@ufvjm.edu.br

Category ArchiveQualificação

Qualificação 40

TÍTULO: LETRAMENTO LITERÁRIO E DOCUMENTOS OFICIAIS: um estudo das concepções de literatura e letramento literário nas normativas e orientações de estado

RESUMO: Esta dissertação versa sobre as concepções de literatura e letramento literário nas documentações oficiais relativas ao ensino médio. O ensino de literatura tem se caracterizado, segundo alguns autores, pela pouca atenção ao texto literário em si e o apego às questões históricas. O objeto literário parece não ocupar o lugar de outrora. Segundo Cosson (2016), a literatura sofreu uma espécie de apagamento na escola. Diante desse cenário, a presente pesquisa teve por objetivo principal investigar, por meio da análise documental, as concepções de literatura e letramento literário contidas nos seguintes documentos oficiais dirigidos ao ensino médio: Orientações Curriculares para o Ensino Médio; PCN + Ensino Médio; Base Nacional Comum Curricular e Conteúdo Básico Comum do estado de Minas Gerais. A análise documental tomou por base os pressupostos de Cellard (2012), em contínuo diálogo com trabalhos na área e as discussões de Candido (2011); Cosson (2014, 2016); Kleiman (1995, 2016); Martins (2015); Paulino e Cosson (2009). Dos autores citados, Cosson (2014, 2016) discute o conceito de letramento literário, entendido como a apropriação do texto literário pelo aluno, possibilitando uma experiência distinta frente ao texto, ampliação dos sentidos e estabelecimento de relações com a realidade. A análise dos documentos em sua relação com o ensino de literatura permitiu concluir que apenas as Orientações Curriculares para o Ensino Médio dedicam uma atenção maior para a leitura literária. Ainda assim, os documentos possuem teor mais prescritivo que propositivo. Esta pesquisa espera contribuir para se pensar em novas normativas que contemplem, de fato, o letramento literário bem como auxiliem em proposições que promovam uma valorização da literatura na escola.
Palavras-chave: Literatura. Letramento literário. Documentos Oficiais. Ensino Médio.

DEMAIS INFORMAÇÕES:
Presidente da banca: Profa. Dra. Noemi Campos Freitas Vieira
Membro Interno: Profa. Dra. Mara Lúcia Ramalho (UFVJM)
Membro Externo: Profa. Dra. Rita de Cássia Silva Dionísio (Unimontes)
Suplente: Prof. Dr. Sandro Vinícius Sales dos Santos (UFVJM)
Data: 01/11/2018
Local: Sala do LIFE – Campus JK
Horário: 14h30min.

Qualificação 39

Título: A CERTIFICAÇÃO DO HOSPITAL MUNICIPAL DE GOVERNADOR VALADARES COMO “HOSPITAL DE ENSINO”

RESUMO

Diante da importância dos Hospitais de Ensino (HE) na formação dos profissionais e na produção de pesquisas para a área da saúde, os Ministérios da Educação e da Saúde exigem a certificação como HE (REIS; CECÍLIO, 2009). Atualmente a Portaria Interministerial nº285/2015 define a certificação dos HE, cujo objetivo é garantir a melhoria da qualidade da atenção à saúde, do ensino, da pesquisa e da gestão na formação e na ampliação da oferta dos profissionais de saúde (BRASIL, 2015). Para alcançar a certificação os hospitais precisam ser campo de práticas curriculares na área da saúde; dispor de convênio com as Instituições de Ensino Superior (IES) para gestão de pesquisa e ensino; possuir oferta de residência médica; e prestar ações e serviços de saúde ao SUS. Esta pesquisa tem como problema os desafios do Hospital Municipal de Governador Valadares (HMGV) para se certificar como HE. Apesar de ser campo de prática de ensino desde a sua criação em 1967 e de sua importância social e contribuição para a formação acadêmica na área de saúde, o HMGV não possui a certificação como HE. Com base em dados do Datasus (2018) percebeu-se que apenas 3,30% dos hospitais gerais e especializados no Brasil são certificados como HE. Observou-se ainda na busca de pesquisas recentes sobre o tema que há uma lacuna de estudos que versem sobre o Programa de Certificação dos Hospitais de Ensino. Assim, essa pesquisa tem por objetivo analisar os desafios HMGV para obter a certificação como HE, mediante o “Programa de Certificação de Hospitais de Ensino – HE”, referido na Portaria Interministerial nº285 de 24 de março de 2015. Em relação a metodologia, a pesquisa é bibliográfica, documental e de campo, com finalidade explicativa. Os resultados apontam que o HMGV atende aos requisitos gerais da portaria, no entanto, há desafios em relação ao cumprimento dos requisitos específicos, dentre eles, ter constituídas, em permanente funcionamento, as comissões assessoras obrigatórias pertinentes a instituições hospitalares. Apontou-se também que a rotatividade da gestão é um dos desafios para o HMGV. Os resultados obtidos nesta pesquisa podem contribuir não somente para a instituição cenário deste trabalho, como para as demais instituições hospitalares que buscam esse tipo de certificação. Ainda contribuirá para as lacunas existentes em relação a pesquisas teóricas sobre o tema.

Palavras-chave: Hospitais de Ensino. Certificação. Hospital Municipal de Governador Valadares.

MESTRANDA: Patrícia Camilo Motta Ferreira
ORIENTADOR: Prof. M. Sc. Simão Pereira da Silva
BANCA:
PRESIDENTE: Prof. M. Sc. Simão Pereira da Silva
MEMBRO INTERNO: Prof. M. Sc. Luiz Henrique Aparecido Silvestre
MEMBRO EXTERNO: Prof. Dr. Naldeir dos Santos Vieira
SUPLENTE: Prof. Dr. Antônio de Pádua Magalhães
DATA: 16-10-2018
LOCAL: Campus Mucuri
HORA: 14h00min.

Qualificação 38

TÍTULO: A intersetorialidade entre a educação e a assistência social em Diamantina-MG.

RESUMO: Esta pesquisa, que se encontra em andamento, trata da relação intersetorial estabelecida entre políticas públicas (educação e assistência social) em Diamantina-MG. Atualmente, escolas do referido município, encaminham alunos associados ao fracasso escolar, a um Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, Buscou-se então compreender as causas do fracasso escolar utilizando autores que estudam sobre essa temática, como, por exemplo, Patto (1999), Paín (1992), Abramowicz e Moll (2002). A pesquisa tem como objetivo investigar as demandas de sujeitos em idade escolar, que chegam ao CRAS. Os instrumentos de coleta de dados utilizados para esta pesquisa qualitativa compreendem em análise documental e bibliográfica. PALAVRAS-CHAVE Fracasso escolar, Assistência social, Educação.

DISCENTE: Kelly Cristine Tameirão
ORIENTADORA:Prof.ª Dr.ª Maria do Perpetuo Socorro de Lima Costa
MEMBROS DA BANCA: Flávia Gonsalves – Departamento de Educação Física
Sandro Vinicius Sales dos Santos – Departamento de Pedagogia
Kyrleys Pereira Vasconcelos- Departamento de licenciatura em educação do campo.

Data: 05/10/18
Horário: 14:00 horas
Local: Prédio do DCbio, sala 124.

Qualificação 37

Título: A INTEGRAÇÃO E REGIONALIZAÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA NO ALTO JEQUITINHONHA
Resumo:
O presente trabalho pretende desvelar a integração e regionalização entre as políticas públicas educacionais contidas no Plano de Ações Articuladas (PAR) e no Plano Municipal de Educação (PME) e nos projetos políticos pedagógicos (PPP) das escolas municipais do Alto Jequitinhonha. Esta pesquisa documental tem como recorte as demandas prioritárias para a elevação da qualidade de educação oferecida nesta região e os pontos de integração e regionalização com ênfase no diagnóstico da educação municipal. Tendo em mãos estes pontos proceder-se-á analise e discussão dos projetos políticos pedagógicos das escolas municipais e a partir deles teremos um panorama dos pontos que mostram coerência e alinhamento entre as políticas públicas educacionais contidas no PAR e no PME. Desvelar tais pontos pode possibilitar a ampliação do olhar de pesquisadores e principalmente dos gestores acerca de reflexões necessárias ao sucesso no alcance das metas traçadas nos documentos com uma finalidade Nacional, Plano Nacional de Educação – PNE, que orientam a organização dos supracitados documentos objeto da pesquisa em questão e culminam na construção de diretrizes norteadoras da organização dos Projetos Políticos Pedagógicos das escolas municipais.

PALAVRAS-CHAVE: Integração. Regionalização. Plano de Ações Articuladas. Plano Municipal de Educação. Projeto Político Pedagógico.

Nome do Mestrando: Adeizete Gomes Silveira
Nome do Orientador: Prof. Drª. Mara Lúcia Ramalho
Banca
Presidente: Prof. Drª. Mara Lúcia Ramalho
Membros Internos: Prof. Dr. Flávio César Freitas Vieira
Prof. Dr. Leonardo Santos Neves
Membro Externo: Prof. Drª. Dayse Lúcide Silva Santos
Data: 17/09/2018
Hora: 16:30 horas
Local: Laboratório da DEAD / Campus JK

Qualificação 36

TÍTULO: Análise crítica do simulado: instrumento de avaliação do processo de ensino-aprendizagem dos discentes dos cursos Técnicos Integrados ao Ensino Médio do IFNMG – Campus Januária
RESUMO:
A avaliação é um tema que traz diversas reflexões em razão das várias concepções que se tem do ato de avaliar. A construção do conhecimento vai além do simples fato de aplicar uma prova, um exame, pois, como acontece, hoje, nas escolas, o que se leva em consideração é somente a nota e não o processo avaliativo como um todo, o instrumento usado é visto como a avaliação e não como parte dela. Assim, o presente trabalho de pesquisa, em andamento, busca verificar se a partir de um instrumento de avaliação, objeto dessa pesquisa, em específico, “o simulado”, aplicado ao final de cada semestre no IFNMG – Campus Januária seria mais uma forma de diagnosticar problemas no processo de ensino-aprendizagem e planejar ações para a recuperação de resultados insatisfatórios dos alunos Desenvolvendo uma análise bibliográfica sobre o tema a partir de estudiosos com Luckesi, Haydt, Hoffmann, Villas Boas, Gil, Cunha, discorremos sobre o assunto na dissertação para melhor compreendermos a avaliação. Estamos realizando a análise de dados levantados a partir de questionários aplicados a discentes, docentes e membros da comissão do simulado para que possamos averiguar qual a contribuição deste instrumento no processo de avaliação e no processo de ensino-aprendizagem dos alunos dos cursos técnicos integrados ao ensino médio do IFNMG – Campus Januária. Percebe-se que o estudo proporcionará às instituições de ensino uma reflexão sobre adoção dessa prática como parte da avaliação do processo de aprendizagem, bem como, contribuirá para a realização de uma análise crítica sobre esse instrumento avaliativo.
MESTRANDO: Emanoelito Fernandes Vieira Júnior
ORIENTADORA: profa. Ms. Kyrleys Pereira Vasconcelos
BANCA:
PRESIDENTE: profa. Ms. Kyrleys Pereira Vasconcelos
MEMBRO INTERNO: profa. Dra. Nádia Maria Jorge Medeiros Silva
MENBRO EXTERNO: prof. Dr. Heron Laiber Bonadiman
SUPLENTE: profa. Dra. Maria Nailde Martins Ramalho
DATA: 19-09-2018
LOCAL: Sala 37 (Prédio de Sistemas de Informação – Campus JK)
HORA: 10h00min.

Qualificação 35

Trabalho: “A EVASÃO ESCOLAR NO ENSINO TÉCNICO PROFISSIONALIZANTE – MODALIDADE EaD: Um Estudo de caso no Campus Diamantina do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais”

Resumo:

Esse trabalho é parte de uma pesquisa de mestrado em andamento que busca analisar as causas da evasão dos alunos nos cursos profissionalizantes na modalidade Educação a Distância do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais – Campus Diamantina. A pesquisa em curso pretende, evidenciar as questões que repercutem na evasão escolar, principalmente na Educação a Distância – EaD, trazendo para a análise fatores intrínsecos ao processo educativo na EaD e a especificidade da educação profissional. A metodologia utilizada consiste numa abordagem quantiqualitativa e se efetivará a partir da quantificação e análise das justificativas apresentadas pelos discentes no “termo de desistência de vaga” – documento arquivado na secretaria da instituição. Além disso, foram aplicados os questionários e realizadas entrevistas semiestruturadas com os discentes evadidos no período de 2015 a 2017. O aporte teórico está composto pesquisadores como Vitelli e Fritsch (2016), Carneiro, Silva e Bizarria(2014), Mugnol(2009), Romani(2000), Castanho(2012). A evasão é um tema recorrente nas pesquisas em educação no Brasil, principalmente a evasão nas escolas públicas. Tais pesquisas colocam em relevo aspectos como os papéis das famílias, as condições sociais e questões internas da organização escolar. As escolas de educação profissional nos anos de 1920 apresentavam problemas ligados a falta de infraestrutura, falta de mão de obra qualificada, falta de planejamento pedagógico, cursos de diferentes cronogramas e durações e assim, surgiu também um grande número de evasão de alunos. De acordo com o Censo EaD (2013), aponta que os principais obstáculos sofridos pelas instituições de ensino que ofertam a modalidade são: “evasão de educandos (15,4%); resistência dos educandos a EaD(9,9%); desafios organizacionais de uma instituição presencial que passa a oferecer EaD (13%)” . Demonstra que a evasão é o maior desafio enfrentado pelas instituições de ensino EaD. Os dados preliminares mostram que a evasão escolar é um problema, que se fazem necessárias medidas para minimizar essa ação, empreendidas de forma conjunta pela escola e pelo poder público. Tal questão mostra-se especialmente importante no contexto de expansão e de consolidação da educação profissional ofertada na rede federal de educação profissional no Brasil.

Dia: 29 de agosto de 2018.

Horário: 10:00 horas

Local: Laboratório de Prática de Ensino, no Centro de Estudos em Humanidades.

Aluna: Keila Marinalva Bento Lima

Orientadora: Professora Doutora Denise da Silva Braga

Banca Examinadora – Presidente, Professora Doutora Regina Célia Couto – Membro, Professora Doutora Maria Nailde Martins Ramalho

Qualificação 34

Título: Uma aplicação da meta-heurística Vitis Vinífera para detecção automática e dinâmica de Estilos de Aprendizagem para Sistemas Adaptativos Inteligentes para a Educação
Resumo: O presente trabalho aborda o problema de detecção de traços cognitivos de estudantes para customização de Ambientes Virtuais de Aprendizagem. Grande parte da qualidade da adaptabilidade do sistema ao aluno está relacionado a correta detecção desses traços, e para a correta detecção são usados algoritmos e metaheurísticas que modelam processos estocásticos, sendo que a escolha do método utilizado influência grandemente o sucesso do sistema. Neste sentido, aplica-se a meta-heurística Vits Vinífera para a detecção do Estilo de Aprendizagem do aluno para futura seleção de objetos de aprendizagem de forma a aprimorar o processo de ensino-aprendizagem. A abordagem proposta e avaliada em relação ao estado da arte que utiliza um Algoritmo Genético para a identificação do Estilo de Aprendizagem. Resultados experimentais apontam que a abordagem proposta é superior em relação ao estado da arte considerando o número de erros de detecção cometidos.
Nome do Mestrando: Hilton Lesllie de Oliveira
Nome do Orientador: Cristiano Grijó Pitangui
Banca
Presidente: Prof. Dr. Cristiano Grijó Pitangui
Membro Interno: Prof.ª Dr.ª Luciana Pereira de Assis
Membro Externo: Prof.ª Dr.ª Claudia Beatriz Berti
Data: 25/09/2018
Hora: 13h
Local: UFVJM, Campus JK. Auditório – Prédio de Sistemas de Informação.

Qualificação 33

Título do Trabalho: UTILIZAÇÃO DE MODELOS OCULTOS DE MARKOV E APRENDIZAGEM POR REFORÇO PARA DETERMINAÇÃO DE ESTILOS DE APRENDIZAGEM DE ESTUDANTES EM SISTEMAS DE GESTÃO DE APRENDIZAGEM

Resumo: Um dos maiores desafios na área da Educação à Distância é fornecer soluções tecnológicas que atendam aos estudantes de forma diferenciada. Os Ambientes Virtuais de Aprendizagem, embora auxiliem os professores e estudantes na realização dos cursos, não consideram as diferenças individuais de cada discente. Pesquisas apontam que considerar as diferenças dos estudantes, por intermédio dos Estilos de Aprendizagem, impacta positivamente o rendimento dos alunos ao longo do curso. Diante desse cenário, a identificação automática de Estilos de Aprendizagem dos estudantes nos Sistemas Tutores Inteligentes é um importante tópico nas pesquisas da área de Tecnologia aplicada à Educação. O presente trabalho apresenta uma abordagem para identificação automática dos Estilos de Aprendizagem dos estudantes em Sistemas de Gestão de Aprendizagem. A abordagem proposta utiliza Modelos Ocultos de Markov para modelar os Estilos de Aprendizagem, o Algoritmo de Viterbi para inferi-los, e uma abordagem de Aprendizagem por Reforço para correção dos Estilos de Aprendizagem. Resultados obtidos apontam que a abordagem proposta é bastante eficaz e promissora para a utilização em Sistemas de Gestão de Aprendizagem.
Nome do Mestrando: Arthur Machado França de Almeida

Nome do Orientador: Luciana Pereira Assis

Banca
Presidente: Luciana Pereira de Assis (Orientadora)
Membro Interno: Cristiano Grijó Pitangui
Membro externo: Cláudia Beatriz Berti

Data: 25/09/2018
Hora: 14:30
Local: Auditório do Prédio de Sistemas de Informação

Qualificação 32

Título: A formação continuada dos profissionais da Educação em atuação no território da UFVJM: uma análise das propostas de extensão.

Resumo: A pesquisa em questão tem como objetivo geral analisar a relação entre as ações de extensão desenvolvidas pela PROEXC para os profissionais da educação básica em exercício na área de atuação da UFVJM e as políticas públicas de formação continuada implantadas pelas esferas municipais, estaduais e federais. Tendo como problema de pesquisa verificar se existe relação entre as ações de formação continuada desenvolvidas pela extensão da UFVJM no período de 2013 a 2016 para os profissionais da educação básica e as políticas públicas de formação no âmbito nacional e estadual.O referencial teórico encontra-se estruturado em seções, com a abordagem da temática Políticas Públicas de formação de Gestores Pedagógicos no Brasil contextualizada com os seguintes temas: a) história de formação de professores no Brasil; b) Formação inicial e continuada de professores no Brasil; c) Modelos de formação de professores: d) Gestão democrática no Brasil; e) Formação de gestores pedagógicos; f) Histórico da Extensão Universitária no Brasil e na UFVJM. Quanto a metodologia o estudo comporta: pesquisa bibliográfica, levantamento de teses e dissertações sobre a temática; pesquisa documental, levantamento de ações de extensão registradas na Pró-reitoria de Extensão – PROEXC – UFVJM, no período de 2013 a 2016. A pesquisa se servirá de uma abordagem qualitativa e será realizada em três momentos, a saber: a seleção dos documentos, o acesso a eles e a análise. No que se refere à análise documental será utilizado o método de análise de conteúdo. No desenvolvimento da pesquisa, após a análise do registro de ações na PROEXC, optou-se por pesquisar totas as ações de extensão para formação continuada dos profissionais da educação básica. Ademais, com isso, utilizou-se de três categorias de análise por meio da definição dos eixos temáticos norteadores da discussão, ou seja: Categoria 1: Os profissionais da educação: ações de extensão como um caminho para a formação continuada”; Categoria 2: “Articulação das propostas de ações de extensão com as políticas públicas de formação continuada de professores nos âmbitos nacional, estadual e municipal e Categoria 3: “A construção da escola de qualidade social por meio de ações extensionistas de formação continuada”.

Nome da Mestranda: Maria Prisilina de Souza

Nome da Orientadora: Profa. Dra. Mara Lúcia Ramalho

Composição da Banca
Presidente: Profa. Dra. Mara Lúcia Ramalho – DEAD – UFVJM – mararamalho03@yahoo.com.br
Membro Interno: Profª. Drª. Maria Nailde Martins Ramalho -FIH-UFVJM – nailderamalho@gmail.com
Membro Interno: Profa. Ms. Kyrleys Pereira Vasconcelos – DEAD – UFVJM – kvasconcelos81@gmail.com
Membro Externo: Profª Drª Shirley Patrícia Nogueira de Castro – UNIMONTES -shirley.castroalmeida@yahoo.com.br

Data: 27/08/2018

Hora: 09:00
Local: Sala de Informática – Prédio da DEAD

Qualificação 31

TÍTULO: PLANEJAMENTO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: O TRATAMENTO DOS DOCUMENTOS CURRICULARES OFICIAIS DO MUNICÍPIO DE DIAMANTINA/MG NO PLANEJAMENTO DA PRÁTICA DOCENTE
Nome da Orientadora: Profª. Drª. Denise da Silva Braga
Banca:
Presidente: Profª. Drª. Denise da Silva Braga
Membro Interno – Profª. Dr. Regina Célia Couto
Membro Interno – Proº. Dr. Sandro Vinicius Sales dos Santos
Resumo

A escola, no contexto da Educação Infantil, exerce um papel fundamental no desenvolvimento da criança nos seus primeiros anos de vida. Neste sentido a presente investigação pretendeu abordar aspectos referentes ao planejamento na educação infantil, como instrumento de trabalho no contexto da atuação docente. Desta forma, o objetivo deste trabalho buscou analisar como as professoras de Educação Infantil do município de Diamantina-MG, concebem o planejamento da prática pedagógica em creches e pré-escolas a partir dos documentos curriculares oficiais do município. No âmbito educacional, o planejamento assume a função de prever as melhores condições para promover a aquisição de habilidades pela criança, favorecendo seu desenvolvimento em todas as capacidades: motora, cognitiva, afetiva e social. Assim, é inegável que a tomada de decisões a partir do planejamento se torna indispensável e contribui para concretização do trabalho na educação infantil, sendo a partir dele que o professor determina seus objetivos e suas metas. Buscou-se ainda analisar os documentos legais que norteiam o currículo da Educação Infantil no Munícipio, estabelecendo aproximações e distanciamentos com os documentos produzidos em âmbito nacional pelo Ministério da Educação (MEC). Autores como Vasconcellos (2006), Gamboa (2012), Gandim (2013), Ostetto (2000), Kramer (1995), Oliveira (2002) Didonet (2011), Kuhlmann (2010), Kishimoto (2002), Redin (2017), entre outros, traçam o caminho teórico da investigação. Os procedimentos e instrumentos metodológicos empregados na coleta de dados foram a técnica do grupo focal atrelada à entrevista semiestruturada, a ser realizada com profissionais da educação infantil da Rede Municipal de Ensino de Diamantina-MG. A relevância desta pesquisa consiste na possibilidade de, ao tratar do planejamento refletir sobre a própria Educação Infantil como modalidade da educação regular. A prática cotidiana, observada a partir da atuação profissional, tem demonstrado que há equívocos em relação aos objetivos da educação da criança que, frequentemente, confunde-se com uma precoce alfabetização e na incorporação de conteúdos que negligenciam a fase de vida da criança. Refletir sobre o planejamento na educação infantil é, desta forma, uma oportunidade de reflexão sobre o sentido da educação da criança, do cuidar e educar e, do planejamento do trabalho pedagógico nas instituições municipais de educação infantil.

DATA DA QUALIFICAÇÃO: 23/08/2018
HORÁRIO: 10:00 HRS
LOCAL: PRÉDIO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO (á agendar)