• (38) 3532-1200 Ramal 8145
  • secretaria.ppged@ufvjm.edu.br

Category ArchiveQualificação

Qualificação 58

Título: Uma sequência expandida com as lendas diamantinenses

Resumo:Propõe-se, nesta pesquisa, um estudo sobre as lendas de Diamantina/MG, a ser desenvolvido a partir de um dos gêneros da literatura oral: as lendas. O objetivo geral é trabalhar o conceito de letramento literário, bem como as lendas diamantinenses, a fim de se compreender como é possível, através de uma sequência expandida de Rildo Cosson, “letrar” por meio da literatura oral. Esta pesquisa caracteriza-se como bibliográfica, com abordagem qualitativa, e terá como embasamento teórico os livros Letramento Literário; teoria e prática, de Rildo Cosson, Literatura Oral no Brasil, de Luís da Câmara Cascudo, No Reino da Lenda, de Bertrand Bergeron, O direito à literatura, de Antônio Candido, dentre outros. Tal estudo justifica-se porque o ensino de literatura pode formar e humanizar os sujeitos, além de estimular o senso crítico e reflexivo nos alunos. Espera-se que esse trabalho possa contribuir para uma discussão sobre o ensino de literatura nos anos finais do Ensino Fundamental.

Palavras-chave: Letramento Literário. Literatura. Lendas diamantinenses.

Nome da Mestranda: Daniela Luciana Braga Santiago Teixeira – daniela.teixeira@ufvjm.edu.br
Orientador: Rosana Baptista dos Santos – rosanabaptistasantos@gmail.com
Membro interno: Noemi Campos Freitas Vieira (PPGED- UFVJM)- noemicfv@gmail.com
Membro externo ao PPGED: Carlos Henrique Silva de Castro ( UFVJM) – ccastrobr@gmail.com
Membro Suplente: Tereza Pereira do Carmo (UFBA) – tepecar@yahoo.com.br

Data- 15/08/2019
Local: LIFE
Hora: 14 h

Qualificação 57

TÍTULO: Caracterização da evasão escolar na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri – campus do mucuri, entre os anos de 2014 e 2018.

RESUMO: A evasão escolar é um fenômeno que se caracteriza pela desistência dos discentes em cursarem o Ensino Superior, assim mesmo que sua saída tenha sido para ingressar em outro curso sua matrícula constará dos relatórios de evasão e passará a integrar esses dados. Por isso, este trabalho teve por objetivo analisar a taxa de evasão nos cursos de Administração, Ciência e Tecnologia (BC&T) e Medicina da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) – Campus Mucuri, no período de 2014 a 2018. Este trabalho pode ser considerado como uma pesquisa quantitativa qualitativa e descritiva, tendo em vista que se propõe investigar as causas do fenômeno da evasão dos alunos do Ensino Superior da UFVJM – Campus do Mucuri e utilizou do recurso de aplicação de questionário através de contato telefônico e pessoal com alunos que já evadiram. Na análise dos dados observou-se que a taxa de evasão do BC&T é de 49% (quarenta e nove por cento) sendo a maior parte dos evadidos originários de escolas públicas e residentes na cidade de Teófilo Otoni, no curso de Administração teve um percentual 38% (trinta e oito por cento) também sendo a maior parte com vida acadêmica pregressa em escolas públicas e residentes em Teófilo Otoni, já em Medicina catalogou-se apenas 12% (doze por cento) e desse percentual a maioria cursou o ensino médio em escolas privadas e não residiam em Teófilo Otoni no momento de ingresso no curso evadido. Com os relatos das entrevistas também foi possível visualizar vários pontos comuns de dificuldades dos alunos, como adequação a grade curricular e ao sistema de avaliação da instituição de ensino superior federal, além da dificuldade de interação com os professores e a necessidade de nivelamento prévio para conseguir acompanhar os estudos das matérias da graduação, tendo em vista o baixo nível da formação média.

NOME DA MESTRANDA: Geovana Silveira Soares Leonarde
NOME DO ORIENTADOR: Prof. Ms. Luiz Henrique Aparecido Silvestre

BANCA:
PRESIDENTE: Prof. Ms. Luiz Henrique Aparecido Silvestre
MEMBRO INTERNO: Prof. Dr. Amédis Germanos dos Santos
MEMBRO EXTERNO: Prof. Ms. Isabel Corrêa Pacheco
DATA: 29/08/2019
HORÁRIO: 14 HORAS
LOCAL: AUDITÓRIO DO ICET – campus mucuri

Qualificação 56

Título do Trabalho: CURRÍCULO ESCOLAR: identidades culturais e Educação

Esta dissertação é fruto de uma pesquisa vinculada à Linha IV – Currículo, avaliação, práticas pedagógicas e formação de professores do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Alicerçada em estudos como de Candau (2007), Candau e Moreira (2003, 2008), Gomes (1999), Macedo (2008), Santomé (1995), Silva (2006), essa investigação parte do princípio de que o currículo pode ser um instrumento de criação, valorização e preservação de identidades culturais. Dessa forma, o objetivo central desta pesquisa foi investigar se e como os currículos da Escola Municipal José Gomes Sales contribuem na (re) produção das identidades culturais da Comunidade Quilombola do Ausente, município de Serro-MG. O desenvolvimento deste estudo, predominantemente qualitativo, mas, também quantitativo, foi realizado em quatro etapas. A primeira consistiu em uma pesquisa bibliográfica para composição do aporte teórico sobre os temas currículo, identidade, cultura e Educação Escolar Quilombola e estudo do arcabouço normativo que regulamenta a proposição dos currículos escolares, destacando-se a Resolução nº 08 de 20 de novembro de 2012 que definiu as Diretrizes Curriculares para a Educação Escolar Quilombola. A segunda etapa consistiu em uma pesquisa documental cujo objetivo foi investigar se os currículos vigentes na Escola Municipal José Sales Gomes fazem interface com as tradições, as culturas, as memórias, os saberes da Comunidade dos Ausentes. Para isso, foram analisados o projeto político pedagógico, planos e planejamentos curriculares e livros didáticos vigentes na escola pesquisada. Na terceira etapa foram realizadas entrevistas semiestruturadas com alunos, professores e membros da comunidade para apontar se os currículos dessa escola têm sido instrumentos que possibilitam aos protagonistas desse lugar conhecerem suas tradições e suas identidades culturais. Para essa etapa foi escolhido como método de pesquisa a história oral temática, uma ferramenta metodológica que possibilita a produção de conhecimento a partir da subjetividade e da sutileza envolvida na produção narrativa. Na última etapa foram desenvolvidos os procedimentos de transcrição, textualização, transcrição e análise do material coletado em conformidade com os propósitos dessa pesquisa e sua fundamentação teórica. A partir dos resultados desse trabalho, concluímos que os currículos vigentes na Escola Municipal José Sales Gomes ainda silenciam as identidades culturais desses povos quilombolas nas suas práticas de ensino. Ressalta-se a importância dessa pesquisa para avaliar o processo de implementação de políticas públicas de educação para os povos quilombolas em uma região historicamente construída pela mão de obra negra escravizada, que formou nesse território uma das maiores diásporas africana em solo brasileiro. Deste modo, é de extrema importância dar visibilidade a essas comunidades remanescentes de quilombo, assegurando-as o direito de conhecer e vivenciar suas histórias e tradições, principalmente no ambiente escolar.

Palavras-chave: Currículo. Identidade. Cultura. Educação Escolar Quilombola. Comunidade Quilombola do Ausente.

Nome do mestrando: Narlisson de Jesus Martins
Nome da Orientadora: Regina Célia do Couto
Membros da Banca:
Prof.ª Dr.ª Regina Célia do Couto – Presidente
Prof. Dr. Leonardo Santos Neves – UFVJM
Prof.ª Dr.ª Dayse Lúcide Silva Santos – IFNMG
Prof.ª Dr.ª Maria Adélia da Costa – CEFET-MG (SUPLENTE)

Qualificação 55

TÍTULO: Políticas Públicas Educacionais para o território de atuação da UFVJM: o acesso ao ensino superior.

A presente pesquisa tem como objetivo relacionar o território de atuação da UFVJM, previsto no PDI 2012-2016, com as informações identificadas nas matrículas dos discentes do curso de BHU nesta mesma época, tendo em vista a compreensão da política de acesso ao ensino superior adotada na instituição. Esta análise foi realizada a partir de documentos disponibilizados pela Pró-Reitoria de Graduação, responsável pela matrícula dos discentes de graduação da UFVJM. A escolha do tema torna-se pertinente dada à relevância acadêmica, mas em especial, a social, pois tende a discutir a real democratização do acesso ao Ensino Superior na UFVJM, levando-se em conta que a educação é vista como uma das melhores formas para se desenvolver uma região e a consciência de seu povo. Desta forma, o presente estudo encontra-se amparado em uma abordagem qualitativa e utilizar-se-á como pressuposto metodológico, a pesquisa documental e a análise de conteúdos.

NOME DA MESTRANDA: CAROLINA SANTOS ALMEIDA

NOME DO ORIENTADOR: PROFª. Drª. MARA LÚCIA RAMALHO
BANCA: MEMBRO INTERNO: PROFº. DR. LEONARDO DOS SANTOS NEVES
MEMBRO INTERNO: PROFª. M.SC. KYRLEYS PEREIRA VASCONCELOS
MEMBRO EXTERNO: PROFª. Drª. DAYSE LÚCIDE SILVA SANTOS

DATA: 14/08/2019
HORÁRIO: 9:00
LOCAL: Sala 34 do Auditório do Prédio de Sistemas de Informação

Qualificação 54

Título : Uma sequência expandida com as lendas diamantinenses

Resumo: Propõe-se, nesta pesquisa, um estudo sobre as lendas de Diamantina/MG, a ser desenvolvido a partir de um dos gêneros da literatura oral: as lendas. O objetivo geral é trabalhar o conceito de letramento literário, bem como as lendas diamantinenses, a fim de se compreender como é possível, através de uma sequência expandida de Rildo Cosson, “letrar” por meio da literatura oral. Esta pesquisa caracteriza-se como bibliográfica, com abordagem qualitativa, e terá como embasamento teórico os livros Letramento Literário; teoria e prática, de Rildo Cosson, Literatura Oral no Brasil, de Luís da Câmara Cascudo, No Reino da Lenda, de Bertrand Bergeron, O direito à literatura, de Antônio Candido, dentre outros. Tal estudo justifica-se porque o ensino de literatura pode formar e humanizar os sujeitos, além de estimular o senso crítico e reflexivo nos alunos. Espera-se que esse trabalho possa contribuir para uma discussão sobre o ensino de literatura nos anos finais do Ensino Fundamental.

Palavras-chave: Letramento Literário. Literatura. Lendas diamantinenses.

Nome da Mestranda: Daniela Luciana Braga Santiago Teixeira – daniela.teixeira@ufvjm.edu.br
Orientador: Rosana Baptista dos Santos- rosanabaptistasantos@gmail.com
Membro interno: Noemi Campos Freitas Vieira (PPGED- UFVJM)- noemicfv@gmail.com
Membro externo ao PPGED: Carlos Henrique Silva de Castro ( UFVJM)- ccastrobr@gmail.com
Membro Suplente: Tereza Pereira do Carmo (UFBA) – tepecar@yahoo.com.br 
Data- 15/08/2019
Hora: 14 h
Local: LIFE

Qualificação 53

Título: A FORMAÇÃO CONTINUADA DO PROFESSOR NO CONTEXTO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE EDUCAÇÃO BÁSICA: uma análise das Atividades Extraclasse no Alto Jequitinhonha/MG

Resumo: O presente estudo tem como objeto de análise as atividades extraclasse (AEC), uma estratégia de formação continuada de professores, em serviço, denominada na rede estadual de ensino mineira, também, como “módulo II”. As AEC destacam-se como ferramenta da política educacional de formação permanente dos professores da educação básica, tendo como finalidade a melhoria da qualidade do processo ensino e aprendizagem. Em tese tem-se em vista que os elementos de estudo, planejamento e avaliação são constituintes da organização da ação pedagógico-didática dos docentes que contribuem para a qualidade do ensino ofertado. Como instrumento da política pública de formação as AEC são de caráter obrigatório, sua efetivação compete o acompanhamento e o monitoramento dos gestores institucionais. Nesta pesquisa, tomam-se como fundamentação teórica concepções de autores que dialogam e amplia nosso universo da educação, sobretudo, os pressupostos da formação de professores com Pimenta (2005), Gatti (2008), Libâneo (2002), Scholochuski (2017) entre outros. Este estudo tem como objetivo analisar nas AEC, os elementos que se constituam referenciais para o seu desenvolvimento, no contexto das políticas públicas de formação continuada de professores no Alto Jequitinhonha/MG, no período de 2013-2018. Este estudo utiliza-se dos princípios da pesquisa documental como método para materialização dos dados. A abordagem é de caráter qualitativo e a técnica é de análise de conteúdo. Para seu desenvolvimento optou-se pela delimitação do marco temporal (2013-2018) e do universo da pesquisa (três escolas estaduais em três municípios, integrantes à Superintendência Regional de Ensino (SRE) Diamantina, localizada no Alto Jequitinhonha). Este estudo possui três etapas norteadoras para o seu desenvolvimento, sendo elas: seleção e definição das fontes documentais; descrição e levantamento do conteúdo, e análise e interpretação dos dados. O texto estrutura-se pela introdução e organização em três capítulos e uma proposta preliminar que visar contribuir para o fortalecimento e efetividade dos momentos coletivos, sobretudo, o de estudo/formação. Neste momento do trabalho pode-se afirmar que existe uma participação efetiva dos professores nos momentos coletivos, o que não pode ser entendido como garantia de reflexão sobre a ação, em serviço, que se constitui a essência das atividades extraclasse. Acredita-se que este estudo poderá contribuir institucionalmente para o fomento da efetivação das AEC, visando melhorias no processo formativo de professores nas escolas estaduais da SRE Diamantina, quiçá em MG.
Palavras-chave: Atividades Extraclasse. Formação de Professores. Educação Básica.

Data: 12/08/2019 Horário: 09h
Local: Novo prédio da DEAD/UFVJM (sala de reuniões)
Discente: Ednéia dos Santos Cunha Neves
Orientadora: Profª Dra. Mara Lúcia Ramalho
Banca examinadora:
Prof.ª Dr.ª Mara Lúcia Ramalho Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri – UFVJM
Prof.ª Dr.ª Ana Helena Altenfelder Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária – CENPEC
Prof. Dr. Leonardo Santos Neves Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri – UFVJM
Prof.ª Dr.ª Maria do Perpétuo Socorro Lima Costa Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri – UFVJM

Qualificação 52

Título: FATORES GRAVES E PERENES ASSOCIADOS E GERADORES DE IMPACTO NA EVASÃO DISCENTE NO ENSINO SUPERIOR: IFNMG – Campus Araçuaí

Resumo: As estatísticas do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) revelam índices expressivos de abandono nos cursos de graduação do ensino superior. O cerne da questão tem sido percebido também nos Institutos Federais, dentre eles o Campus Araçuaí. Partindo desse pressuposto, a presente proposta de pesquisa visa analisar os fatores que contribuiram para as causas de evasão dos cursos superiores no âmbito do IFNMG – Campus Araçuaí. A metodologia se fundamenta em uma pesquisa de abordagem quanti-qualitativa, de natureza básica, quanto aos objetivos tende a estar entre pesquisas descritiva e explicativa, quanto aos procedimentos será um estudo de caso, que utilizará das técnicas para coleta de dados a pesquisa bibliográfica, documental e eletrônica no período compreendido em 2011 a 2017. A relevância da presente pesquisa deve-se como alternativa primordial para o diálogo sistêmico entre a equipe pedagógica, docentes, discentes, e como possibilidades de fortalecimento de processos, aquinhoados de produção de saberes necessários, para a redução dos índices crescentes de evasão dos cursos superiores no IFNMG – Campus Araçuaí, que no período de 2011 a 2017. Os resultados parciais mostram que o curso Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas foi o curso de maior índice de evasão no período de 2016 a 2017. A análise também permitiu o universo pesquisado fosse desvelado, retratando o perfil dos evadidos como sendo em sua maioria do sexo feminino(54,17%), na faixa etária de 20 a 24 anos(35,41%), com pais que cursaram em sua maioria ensino fundamental incompleto sendo materno(30,42%) e paterno(37,5%), que se autodeclararam não possuir nenhuma renda individual, porém com familiar bruta de até 01 salário mínimo, auto declarados da cor parda, oriundos de estabelecimentos públicos estaduais sendo(69,17%) do ensino fundamental e (81,25%) do ensino médio, e que se inscreveram como ampla concorrência. A presente pesquisa serve de contribuição, de alerta e estudo para ações que possam minimizar os fatores de evasão para a Instituição pesquisada, quanto para outras de ensino superior, à medida que através dos diálogos e dados coletados no decurso dessa pesquisa, vislumbra-se apontar conhecimentos novos para o tema pesquisado.

Palavras chave: Evasão no Ensino Superior. Intervenção. IFNMG-Campus Araçuaí.

Orientador: Prof. Dr. Flávio César Freitas Vieira.
Banca
Profª Drª Dayse Lucide Santos (IFNMG)
Profª Drª Felismina Dalva Teixeira da Silva (UFVJM)
Prof. Dr. Flávio César Freitas Vieira
Suplente:
Profª. Drª Mara Lúcia Ramalho (UFVJM)
Data: 16/08/2019
Horário: 08 h
Local: Sala de Auditório do SI – Campus JK, UFVJM – Uso SKYPE

Qualificação 51

TÍTULO: Orçamento Público: Uma análise da configuração dos recursos executados na subfunção Ensino Profissional no IFNMG Campus Montes Claros, de 2012 a 2015

RESUMO: O Orçamento Público tem sido objeto de estudos nas mais diversas áreas, sendo um instrumento de caráter dinâmico das Finanças Públicas, não apenas pelo fato de expressar um plano ou programa de trabalho, mas por envolver um processo longo e complexo para sua elaboração, aprovação e monitoramento, sendo que esse processo possibilita ao orçamento cumprir seus múltiplos papéis e funções. Este projeto de pesquisa pretende investigar a composição, a destinação e o comportamento da despesa autorizada e executada no IFNMG Campus Montes Claros, a partir da análise da subfunção Ensino Profissional, no período de 2012 a 2015. A pesquisa tem abordagem quantitativa e qualitativa, sendo os dados coletados em documentos.
Palavras chave: Orçamento Público. Desenvolvimento Institucional. Gestão Pública.

NOME DA MESTRANDA: FLÁVIA ALMEIDA DINIZ
NOME DO ORIENTADOR: PROFº. M.SC. LUIZ HENRIQUE APARECIDO SILVESTRE
BANCA: PRESIDENTE: PROFº. M.SC. LUIZ HENRIQUE APARECIDO SILVESTRE
MEMBRO INTERNO: PROFº. M.SC. SIMÃO PEREIRA DA SILVA
MEMBRO INTERNO: PROFª. DR.ª GEÓRGIA FERNANDES BARROS
MEBRO EXTERNO: PROFª. M.SC. ANA LÚCIA SILVESTRE
DATA: 07/08/2019
HORÁRIO: 14:00
LOCAL: AUDITÓRIO DO NÚCLEO INTEGRADO DE PESQUISA DO CAMPUS MUCURI

Qualificação 50

TÍTULO: ANÁLISE DOS INVESTIMENTOS NA EDUCAÇÃO INFANTIL DE TEÓFILO OTONI NO PERÍODO 2014/2017.

RESUMO: Nesta dissertação analisou-se os investimentos na educação infantil (EI) do município de Teófilo Otoni do período de 2014 a 2017, por meio da pesquisa bibliográfica, documental e de campo, com finalidade descritiva e abordagem qualitativa. No Brasil, há evidências empíricas e teóricas de que os movimentos e as reivindicações sociais tiveram relação direta, com os direitos alcançados pela educação infantil. Como consequência, constituiu-se a base legal fundamentada na Constituição Federal (1988), que determinou aos municípios o atendimento e a oferta do ensino infantil. Contudo, a análise da proposta do Plano Nacional de Educação (2014/2024) para a educação infantil demonstrou que a administração pública do país, segue sem acompanhamento das suas políticas, sem indicadores de insumos mínimos do custo-aluno e com uma postura assistencialista na oferta da educação infantil. Em Teófilo Otoni, na percepção dos profissionais da educação, há sérias limitações e desafios para o acesso, a permanência e a expansão da EI às crianças de 0 a 5 anos de idade. Nos dados da execução orçamentária e financeira da EI de Teófilo Otoni no período analisado, constata-se relevo entre o planejamento e a execução dos valores, bem como percebe-se que os investimentos realizados não suprem toda a demanda da EI, embora possam valores ser valores superiores aos padrões mínimos de investimentos orientados pelo CAQi – Custo aluno qualidade inicial. Diante disso, os processos de natureza financeira, gerencial e política, dos recursos destinados à educação infantil se mostram desafiadores.

NOME DA MESTRANDA: THAYSE RAMOS CARDOSO PINTO
NOME DO ORIENTADOR: PROF.º M. SC. SIMÃO PEREIRA DA SILVA
BANCA: PRESIDENTE: PROF.º M. SC. SIMÃO PEREIRA DA SILVA
MEMBRO INTERNO: PROF.º DR. a GEÓRGIA FERNANDES BARROS
MEMBRO EXTERNO: PROF.ª DR.ª ALINE FAGUNDES DOS SANTOS
CONVIDADA: PROF.ª DR.ª CATARINA FERREIRA DA CONCEIÇÃO RODRIGUES DA SILVA
DATA:31/07/2019
HORÁRIO:14:00
LOCAL: AUDITÓRIO DO NÚCLEO INTEGRADO DE PESQUISA DO CAMPUS MUCURI

Qualificação 49

Título: Evasão escolar superior e desafios enfrentados por um campus universitário recém-criado em Unaí/MG.

Resumo: O objetivo desta pesquisa, foi realizar um estudo sobre a evasão escolar superior das turmas que ingressaram no primeiro semestre de 2014 até a segunda turma ingressante no segundo semestre de 2015 do curso presencial de Bacharelado Interdisciplinar em Ciências Agrárias, da Universidade Federal dos Vales dos Jequitinhonha e Mucuri- UFVJM no campus de Unaí. Os objetivos específicos buscaram identificar o perfil socioeconômico dos alunos evadidos, bem como as variáveis utilizadas na justificativa do abandono naquele interstício. Encontrar as variáveis que motivam os discentes a evadirem, não é um assunto fácil de diagnosticar, pois de acordo com a literatura analisada ela pode ocorrer a qualquer tempo e por razões variadas, o que dificulta a gestão de ações de combate a este problema. Esta pesquisa de abordagem quantitativa/qualitativa, fundamenta-se pelo tipo bibliográfico/documental. O levantamento dos dados analisados foi realizado em dezembro de 2018, na Diretoria de Registro Acadêmico (DRCA) em Unaí, bem como relatórios emitidos em janeiro/2019, pelo Sistema de Gestão Acadêmica (SIGA). As fichas dos discentes evadidos foram os documentos utilizados para a obtenção de dados. Como resultado, entende-se que os altos índices de evasão média encontrada neste estudo e os vários fatores que motivaram os discentes a evadirem, corroboram com literatura analisada, apontando assim para razões multifatoriais, e que devem ser analisados em conjunto com outras variáveis quando da criação de políticas/programas de combate à evasão. Esta pesquisa poderá fornecer subsídios teóricos à elaboração de estudos e programas que possam contribuir para uma melhor gestão educacional na universidade, contribuindo assim, para a permanência do aluno na instituição.

Palavras-chave: Evasão superior, Gestão, Universidade.

Nome do Mestrando: Denice Pereira Santana

Nome do Orientadora: Prof.ª Dr.ª Geruza de Fátima Tomé Sabino

Banca: Presidente: Prof.ª Dr.ª Geruza de Fátima Tomé Sabino

Membro interno: Prof.º Dr.º Flávio César Freitas Vieira
Membro interno: Prof.ª Dr.ª Cinthya Rocha Tameirão
Membro externo: Prof.ª Dr.ª Keli Cristiane Eugênio Souto

Data: 25/06/2019
Hora:14:30
Local: sala 209, PAVILHÃO DE AULAS I