• (38) 3532-1200 Ramal 8145
  • secretaria.ppged@ufvjm.edu.br

Dissertação 43

Dissertação 43

Título da Dissertação: O ENSINO DA LÍNGUA INGLESA NAS ESCOLAS PÚBLICAS NO MUNICÍPIO DE DIAMANTINA-MG: das orientações curriculares às práticas pedagógicas
RESUMO: O presente estudo tem como objetivo apresentar os resultados de observação do ensino da Língua Inglesa nas escolas da rede estadual de ensino da cidade de Diamantina, Minas Gerais. Buscamos identificar a relação do professor com as orientações curriculares vigentes, visando compreender de que maneira esse professor se baseia nessas orientações para o desenvolvimento de seu trabalho. Além disso, procuramos identificar o perfil de nove professores de Língua Inglesa, sujeitos da pesquisa, que atuam nas escolas públicas de ensino em Diamantina; bem como o grau de conhecimento desses professores em relação aos objetivos veiculados pelos documentos de parametrização curricular para o ensino da Língua Inglesa. Para isso, tomamos como ponto de partida os documentos de parametrização, normativos e consultivos, para o ensino de Língua Inglesa na educação básica, no âmbito do estado de Minas Gerais. Atualmente, os documentos normativos que norteiam a educação básica são as Leis de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Básica (DCN) e nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Por sua vez, os documentos consultivos são os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), as Orientações Curriculares para o Ensino Médio (OCEM) e o Currículo Básico Comum (CBC), uma vez que tais documentos têm como finalidade apoiar o professor para a melhoria no processo de ensino-aprendizagem da Língua Inglesa. Em função dessa escolha, acreditamos ser necessário observar o trabalho do professor. No que tange ao saber e fazer docente, Tardif (2014, p. 272) afirma que as relações dos professores com os saberes são relações variadas, que provêm do trabalho docente. É, pois, através dele que o professor cria situações para enfrentar e solucionar as dificuldades cotidianas. Assim, o referencial teórico desta dissertação apresenta autores como Nóvoa (1992), Almeida Filho (1999), Perrenoud (2002), Leffa (2001, 2006), Paiva (2008), Tardif (2014) dentre outros, que valorizam as premissas da inteligibilidade e o reflexo de seus princípios na formação docente. Aqui, também analisaremos os documentos parametrização para o ensino de Língua Inglesa na educação básica, uma vez que tais documentos têm como finalidade apoiar o professor para a melhoria no processo de ensino-aprendizagem. Consideramos que é interessante saber se e como esse professor faz uso dessas orientações em seu dia a dia; o que se espera é uma aprendizagem relevante, com o desenvolvimento das quatro habilidades necessárias: ler, escrever, ouvir e falar. Para desenvolver esta pesquisa, a construção da abordagem metodológica envolveu o uso da análise documental para compreendermos os documentos e parametrização para o ensino de Língua Inglesa, para o planejamento anual e avaliações desenvolvidos pelo professor. Além disso, como instrumento de pesquisa, usamos a entrevista. Após levantamento dos dados, foi realizada uma análise qualitativa. Como método de análise utilizamos a triangulação dos dados. Os principais resultados demonstram que nesse aspecto, o professor ainda é resistente quanto a utilização desse documento para a realização do ensino. Vale salientar as dificuldades que os professores encontram e as difíceis condições de trabalho que eles possuem. Os documentos oficiais, em suas teorias, trazem muitas contribuições ao ensino, mas na prática há divergências com relação à realidade da sala de aula. A investigação volta-se para a compreensão sobre o ensino da Língua Inglesa na escola pública e a relação desta com a educação, o desenvolvimento da cidadania e a promoção da inclusão por meio das Línguas Estrangeiras.
Palavras-chave: Ensino. Língua Inglesa. Orientações Curriculares. Práticas Pedagógicas.

Data: 14/12/2018
Horário: 16 horas.
Local: Prédio da FIH, Laboratório de Letras, Campus JK. – Diamantina, MG.
Banca:
Orientadora: Professora Dra. Adriana Nascimento Bodolay
Membro Interno ao Programa: Professor Dr. Sandro Vinicius Sales dos Santos
Membro Externo ao Programa: Professora Dra. Hejaine Oliveira Fonseca
Membro externo a Instituição: Professora Dra. Valdeni Reis
Membro Suplente: Professora Dra. Cláudia Mara Niquini

Cláudio Vieira

Deixe sua mensagem