• (38) 3532-1200 Ramal 8145
  • secretaria.ppged@ufvjm.edu.br

Dissertação 47

Dissertação 47

Título do Trabalho: EDUCAÇÃO QUILOMBOLA NA COMUNIDADE DO AUSENTE E AS IDENTIDADES CULTURAIS SILENCIADAS NOS CURRÍCULOS ESCOLAR ES – SERRO (2012 A 2019)

RESUMO
Esta dissertação é fruto de uma pesquisa vinculada à Linha IV – Currículo, avaliação, práticas pedagógicas e formação de professores do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Alicerçada em estudos como de Sacristán (2000), Candau (2007), Lopes e Macedo (2011), Gomes (2007), Macedo (2006), Silva (2001), essa investigação parte do princípio de que o currículo pode ser um instrumento de criação, valorização e preservação de identidades culturais. Dessa forma, o objetivo central foi investigar se e como os currículos da Escola Municipal José Sales Gomes contribuem na (re) produç & atilde;o das identidades culturais da Comunidade Quilombola do Ausente, município de Serro-MG. Para isso, o desenvolvimento deste estudo qualitativo se deu por meio de pesquisa bibliográfica, análise documental e entrevistas semiestruturadas com alunos, professores e membros da comunidade do Ausente. Essas entrevistas foram realizadas por meio do método da história oral temática, uma ferramenta que possibilita a produção de conhecimento a partir da subjetividade e da sutileza envolvida na produção narrativa. Os resultados apontam que houve avanços teóricos, conceituais e legais decantados no ordenamento jurídico brasileiro que asseguram direitos a esses povos quilombolas, dentre eles, políticas de educação específicas para as escolas inseridas em seus territórios. Contudo, os dados demonstram também que esses avanços não foram traduzidos no cotidiano da Escola Municipal José Sales Gomes, na Comunidade Quilombola do Ausente, Serro-MG. Concluímos que a invisibilidade e o silenciamento da cultura e história negra e quilombola no currículo, fragiliza os modos de pensar uma educação escolar quilombola, pois a visão eurocêntrica e excludente ainda persiste nos currículos dessa instituição de ensino. Ressalta-se a importância desse estudo para avaliar o processo de implementação de políticas públicas de educação para os povos quilombolas em uma região historicamente construída pela mão de obra negra escravizada, que formou nesse te rrit&o acute;rio uma das maiores diásporas africanas em solo brasileiro. Deste modo, é de extrema importância dar visibilidade a essas comunidades remanescentes de quilombo, assegurando-as o direito de conhecer e vivenciar suas histórias e tradições, principalmente no ambiente escolar.

Palavras-chave: Currículo. Identidade. Cultura. Educação Escolar Quilombola. Comunidade Quilombola do Ausente-Serro/MG.

Nome do mestrando: Narlisson de Jesus Martins
Nome da Orientadora: Regina Célia do Couto

Membros da Banca:
Prof.ª Dr.ª Regina Célia do Couto – Presidente
Prof. Dr. Leonardo Santos Neves – UFVJM
Prof.ª Dr.ª Dayse Lúcide Silva Santos – IFNMG
Prof.ª Dr.ª Maria Adélia da Costa – CEFET-MG (SUPLENTE)
Prof. Dr. Irlen Antônio Gonçalves – CEFET-MG (SUPLENTE)

Cláudio Vieira

Deixe sua mensagem