• (38) 3532-1200 Ramal 8145
  • secretaria.ppged@ufvjm.edu.br

Qualificação 47

Qualificação 47

Titulo: TERCEIRIZAÇÃO E GESTÃO EDUCACIONAL: Um estudo de caso no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial Diamantina-MG entre 2012-2018

RESUMO

A presente pesquisa tem como objeto de investigação o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, Diamantina-MG, e visa analisar a Terceirização na Gestão Educacional no período de 2012 a 2018. Dessa forma busca-se a verificação das condições objetivas de trabalho dos terceiros, que atuam na Instituição, identificando os impactos dessas condições para a gestão pedagógica e administrativa da instituição de ensino. Partindo deste pressuposto, a presente pesquisa pode ser caracterizada quanto aos seus objetivos de natureza qualitativa, e também classificada como bibliográfica exploratória, pois envolve análise bibliográfica e documental. Verificou-se no decorrer do estudo que a contratação de funcionários se faz através do Contrato de Prestação de Serviços Autônomos de Instrutoria Acadêmica ou através da contratação de uma empresa de serviços de conservação e limpeza. Foi evidenciado que a Instituição, realiza contratações constantes para suprir a falta de orientadores de cursos, conforme planejamento da unidade. Tal fato evidencia uma deficiência no quadro de pessoal, em que o número de autônomos supera o número de colaboradores contratados como horistas/mensalistas da unidade. Foi identificado que a contratação dos terceiros considerados autônomos prestadores de serviços educacionais é uma prática comum e estas contratações são de acordo com a necessidade para a execução dos cursos extra planejados. Dentre os achados do trabalho, verificou-se que os fatores determinantes que levaram a empresa a terceirizar parte do trabalho considerado administrativo, como a força de trabalho dos serviços de limpeza, portaria e parte do corpo docente, foi a facilidade de contratação de docentes terceirizados para suprir demandas extra planejadas e desburocratizar o processo de contratação existente dentro da Instituição. Contudo, os docentes terceirizados contribuem de forma satisfatória na análise de satisfação realizada nas turmas executadas por docentes terceirizados. Constatou-se que não há perda pedagógica nas turmas dos docentes autônomos. Em relação a prestação de serviços de Conservação e Limpeza nota- se que a Instituição optou por esta modalidade a fim de reduzir custos operacionais e obtenção de colaboradores mais rapidamente e sem burocracia na contratação; uma vez que os custos com encargos podem chegar a quase 100% do valor nominal do salário pago aos colaboradores terceiros. Por fim, destaca-se que este trabalho não teve como objetivo esgotar o assunto, mas sim colaborar para o enriquecimento das discussões de modo a fornecer subsídios para futuros estudos acerca do tema. Espera- se que os resultados apontados neste trabalho possam estimular na Instituição educacional alvo deste estudo, avaliar a modalidade de contratação existente e oportunizar os gestores a reverem o processo de forma a realizarem eventuais ajustes necessários.

Palavras-Chave: Terceirização; Gestão educacional; Prestação de Serviços.
Discente: Martha Cristianne Araújo Tolentino Castanheira

Orientadora: Drª Geruza de Fátima Tome Sabino
Membros da Banca:
Dr. Flávio César Freitas Vieira – UFVJM
Dra. Cinthya Rocha Tameirão – UFVJM
Dr. Edson Moura da Silva – FAMINAS-BH (Membro externo)
Data: 26/06/2019
Horário: 14:30hs.

Cláudio Vieira

Deixe sua mensagem